I N O V E

Sustentabilidade – Qual a sua relevância?

Novos paradigmas no modo de como as empresas se posicionam perante seus públicos, começaram a surgir pós revolução tecnocientífica. A necessidade de humanização das marcas, a relação com os consumidores e o cuidado com a imagem da empresa, se tornaram atributos essenciais no mercado. Além disso, as indústrias precisaram adotar atitudes e práticas éticas que estimulassem seu progresso econômico, sem provocar danos sociais e ambientais a partir de suas atividades.

A sustentabilidade empresarial é a soma total das práticas de uma empresa, que visa o desenvolvimento sustentável de uma sociedade, promovendo uma integração entre as dimensões econômica, social e ambiental. Para que o exercício seja efetivo, é importante que os recursos naturais e os direitos humanos sejam garantidos. Assim como o conceito da sustentabilidade está associado a conservação e prevenção ambiental, ele também está diretamente relacionado aos pilares do desenvolvimento humano. Por isso, as organizações devem proporcionar um ambiente que estimule a criação de relações de trabalho legítimas e saudáveis a seu entorno.

Sobre a responsabilidade social das organizações, existe um conceito conhecido como “a tragédia dos comuns”, que define que a “situação em que indivíduos agindo de forma independente e racionalmente de acordo com seus próprios interesses comportam-se em contrariedade aos melhores interesses de uma comunidade, esgotando algum recurso comum”.1 Dessa forma faz-se necessário desenvolver estratégias corporativas sustentáveis, que desmitifiquem ações que possam prejudicar o mundo, as pessoas e, a rentabilidade das organizações.

Assim, tornar-se sustentável envolve:

• Colaborar com instituições que atuam na preservação do meio ambiente e no desenvolvimento social;
• Agir de acordo com os códigos ambientais, do consumidor e as leis trabalhistas;
• Promover a utilização de materiais reciclados e reaproveitáveis;
• Diminuir a produção de resíduos durante a produção;
• Orientar os consumidores sobre o descarte correto do lixo;
• Criar soluções que visam a preservação global, o futuro da humanidade e, a rentabilidade.

Sendo, o desenvolvimento sustentável um caminho edificado constantemente, que exige planejamento, acompanhamento e avaliação de resultados, todos os seus componentes precisam estar alinhados, tornando a prática sustentável um pilar dos objetivos organizacionais.

A Contech se orgulha de dizer que tem a sustentabilidade como essência de seus negócios, e que sua responsabilidade está em entregar soluções químicas biodegradáveis de alta eficiência, marcada por pesquisas, inovações e tecnologias proprietárias a favor da inteligência de processos e da sustentabilidade ambiental. Além disso, a empresa pesquisa e oferta substituição à materias-primas nocivas a saúde humana. Essa operação faz parte das ações de responsabilidade de sua certificação ISO 14001 de gestão do meio ambiente.

Não obstante, com o foco na sustentabilidade social, a Contech passou a produzir e distribuir seu próprio álcool gel para funcionários, fazendo doação do excedente para o Sistema Único de Saúde – SUS conforme diretrizes da Anvisa.

Criar valor através da sustentabilidade é uma tarefa responsável da organização que visa o desenvolvimento e continuidade do planeta.

Related posts